Seria bem melhor

Quero ter um irmãozinho, disse João. Essa foi a primeira conversa do menino de sete anos no café da manhã com seus pais naquela manhã corrida como todas as outras. A mãe emudeceu. O pai, após um olhar questionador à esposa, ousou enfrentar a afirmação do filho.
João, mas por que um irmãozinho se vivemos tão felizes e tens tudo o que precisas?
De pronto veio a resposta:
Porque a minha vida tá ficando séria demais… eu quero ralar os meus joelhos, pegar a mangueira e jogar água e brigar com o meu irmão como fazem o Pedro, a Maria, a Joana e a Sara. Ah… e quero também ficar um dia inteiro no meu quarto de castigo. Só isso!

Por Rosalva Rocha

……..
Texto integrante do projeto de exercício literário proposto pela Pragmatha Editora em suas redes sociais. Participe! Em caso de dúvida, converse com a editora Sandra Veroneze pelo e-mail sandra.veroneze@pragmatha.com.br

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp