Mistério

Desci as escadas apressadamente, talvez num impulso inconsciente. Para descê-las, certamente, em algum momento foi necessario subi-las. Imaginemos como base o chão que dá sustentabilidade e uma certa segurança. Mas para se tornar um pouco interessante vamos acrescentar uma certa ousadia a aventura e para tal precisamos um pouco mais de criatividade.
Talvez esteja aí o mistério de, muitas vezes, não conseguirmos concretizar nossos ideais. Falta a escada que serve de auxílio para nos projetarmos. E quanta satisfação quando a conseguimos erguer no espaço e nos apoiar em seus degraus seguindo passo a passo até alcançarmos o almejado ou, na medida do possivel, até onde ela nos permite.
Dificil é entender por que carregamos também o intuito do processo inverso. E mesmo assim não entendi por que eu desci a escada apressadamente!

Por Nelci G

……..
Texto integrante do projeto de exercício literário proposto pela Pragmatha Editora em suas redes sociais. Participe! Em caso de dúvida, converse com a editora Sandra Veroneze pelo e-mail sandra.veroneze@pragmatha.com.br

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp