“Com esforço concentrado, surgem alternativas para o fortalecimento da literatura”

Paulo Vasconcellos é presidente da ACLA – Academia Capanemense de Letras e Artes, que está lançando pela Pragmatha a obra “Pometizando”. O livro reúne o trabalho dos coautores Cleni Guimarães, Conceição Maciel, Elza Melo, Iracema Amorim, Jorge Carvalho, José Raimundo, Lourdes Oliveira, Madalena Oliveira, Nilson Mesquita, Paulo Maximiliano, Paulo Vasconcellos, Rosilda Dax, Samuel Alencar e Socorro Rebouças. Nesta entrevista, o presidente da entidade fala sobre os desafios de fazer literatura na região e os planos para 2021.

Quais os principais projetos da ACLA?
Mobilizar os seus acadêmicos para a junção de forças que favoreçam a comunidade, através de projetos voltados para o incentivo à leitura por exemplo. Esta é uma missão já realizada, mas que está nos planos de continuidade da instituição. Durante 11 anos de existência, a ACLA tem trabalhado a literatura em várias nuances, participando ativamente de eventos internos e externos, desenvolvendo parcerias com várias outras entidades de classe.

Como você avalia o cenário literário da região?
As dificuldades são sempre entraves para a realização de projetos. Entretanto, com o esforço concentrado de vários entes, surgem alternativas viáveis para o fortalecimento da literatura. Muitos artistas das letras conseguem produzir e publicar. No entanto, espera-se que haja maior incentivo por parte dos governos e também o barateamento dos serviços gráficos, ainda muito altos, fator que inibe os produtores.

O que representa para a ACLA e seus escritores a antologia “Poematizando”?
Ao serem procuradas empresas do ramo da produção literária, encontramos a editora Pragmatha, que nos oportunizou condições para produzirmos a antologia “Poematizando”. Sendo assim, encontramos, além do incentivo, parceria que deu certo. Respondendo também pelos meus pares da ACLA, posso afirmar que adiciona-se uma valorização coletiva e certamente outras produções hão de vir, significando um conjunto de satisfações.

Quais os planos para 2021?
Cumprir parte do que está inserido no Planejamento Estratégico da entidade. Mesmo que os impedimentos se apresentem, estaremos caminhando a passos lentos, convictos de que o nosso contributo será de benefícios múltiplos.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Fechar Menu
Whatsapp Chat
Envia via WhatsApp
×
×

Carrinho