Cleia Dröse

Cleia Dröse nasceu em São Lourenço do Sul/RS, em 9 de novembro de 1954, filha de Carlos Luiz Dröse e Silda Dröse. Licenciada em Pedagogia, exerceu a docência por 40 anos. É mãe e avó, biológica e por afinidade. Fez das letras seu ofício e seu refúgio. Possui uma dezena de livros publicados em português e em espanhol, além de trabalhos em coletâneas no Brasil, Uruguai, Argentina, México e Itália. É Acadêmica Efetiva da Academia Literária Internacional de Letras, Artes e Ciências – A Palavra do século 21 – ALPAS 21 (Cruz Alta/RS); Acadêmica Fundadora Efetiva da Academia Internacional de Artes e Letras Sul-Lourenciana – AIL (São Lourenço do Sul/RS); Acadêmica Fundadora Correspondente da Academia Capixaba de Letras e Artes de Poetas Trovadores, ACLAPTCTC (Serrinha/ES); Acadêmica Efetiva da Academia de Artes Literária e Culturais do Estado do Rio Grande do Sul – ALERS (Porto Alegre/RS) Acadêmica Correspondente da Academia Rio-Grandina de Letras (Rio Grande/RS); Acadêmica Correspondente da Academia de Artes, Ciências e Letras Castro Alves (Porto Alegre/RS). É Sócia Honorária da SADE – Sociedad Argentina de Escritores – Sección 51 – Monte Grande, Argentina. Membro Efetivo Fundador e Diretora da Microrregião de Pelotas do Instituto Brasileiro das Culturas Internacionais – RD – InBrasCI-RS. Sócia Fundadora do Centro de Escritores Lourencianos -CEL (São Lourenço do Sul/RS). Reside em sua cidade natal onde se dedica a atividades culturais, oficinas literárias e encontros em que as afinidades são a urdidura que une a trama do fazer artístico e literário. É autora das obras Doze Contos de Sóis e Luas e Uma história de amor.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Fechar Menu
Whatsapp Chat
Envia via WhatsApp
×
×

Carrinho